Login
Nome de Usuário

Senha

Lembrar login
Esqueceu sua senha?
________________
 

.
Busca



 





 

 

Coordenadoria Estadual da Mulher intensifica ações do Programa Mulher: Viver Sem Violência na região

 08.07.14_-_reunio_coordenadoria_mulher_itaja

 

 

 

 

 

 

 

 


 
  Coordenadora Jane Schmidt participou de reunião do CDR em Itajaí

 

Florianópolis, 8/7/14 – A Coordenadoria Estadual da Mulher participou nesta segunda-feira (7) de reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR) de Itajaí para discutir o “Programa Mulher: Viver sem Violência” com o intuito de desenvolver ações de enfrentamento e combate à violência ao público feminino na região, especialmente no município de Balneário Camboriú. Segundo a Comissão Parlamentar Mista de Violência contra a Mulher do Senado, a cidade do litoral Norte do Estado está no ranking dos 100 municípios de maior índice de violência contra a mulher no Brasil.   

De acordo com coordenadora Estadual da Mulher, Jane Maria Schmidt, diante da preocupação dos gestores quanto ao preparo dos profissionais da saúde, educação, assistência social e segurança pública no acolhimento e atendimento da mulher vítima de violência, foi montada uma comissão para realização de encontros regionais do “Programa Mulher: Viver sem Violência”. A secretária de Desenvolvimento Regional de Itajaí, Eliane Rebello Adriano, com o apoio da Coordenadoria Estadual da Mulher, será a articuladora do encontro na região. Na próxima semana será realizada nova reunião com os secretários municipais de assistência social e de educação para discutir a importância do programa.

Além da secretária da SDR de Itajaí e da coordenadora estadual da Mulher, estavam presentes no encontro prefeitos, vereadores e secretários municipais das prefeituras da região, e a juíza Sônia Moroso Terres, representando a Coordenadoria da Execução Penal e da Violência Doméstica e Familiar contra da Mulher (CPVID) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e o Instituto Estrela de Isabel.


* Colaboração José Meurer Filho – Ascom/SCC

 

Informações adicionais:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Secretaria da Casa Civil de SC

(48) 3665-2005 / 8843-3497

 

Estado estrutura encaminhamento de denúncias de violência contra a mulher recebidas pelo Ligue 180

27.06.14-coordenadoria-mulher-2

 
















Florianópolis, 27/06/14 -
 Mulheres vítimas de violência no Brasil contam com uma ferramenta para denúncias, a Central de Atendimento à Mulher, programa também conhecido como Ligue 180. O serviço de atendimento telefônico, criado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-RR), é gratuito e está sendo estruturado em Santa Catarina pela Coordenadoria Estadual da Mulher em parceria com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). 

O programa foi elaborado com o objetivo de disponibilizar um espaço para que a população brasileira, especialmente a mulher, possa se manifestar e receber ajuda e orientações de violência de gênero, discriminação ou qualquer outro tipo de opressão. A Central de Atendimento do Ligue 180 recebe relatos, denúncias e manifestações relacionadas a situações de violência contra as mulheres, além de encaminhar as mulheres em situação de violência à Rede de Serviços de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência, de acordo com a necessidade.

No mês de junho, a coordenadora estadual da Mulher,  Jane Maria Ghizzo Schmidt, discutiu com a Secretaria de Segurança Pública o encaminhamento das denúncias do Ligue 180 em Santa Catarina. O secretário César Augusto Grubba se comprometeu em estabelecer uma equipe para avaliar as denúncias e tomar as providências necessárias em cada caso. “É um trabalho que está em andamento não somente em Santa Catarina, mas sim em todo o Brasil”, afirma a coordenadora Jane.

 

27.06.14-coordenadoria-mulher-1




















Coordenadora Jane Schmidt (esquerda) em reunião sobre o Ligue 180



Em reunião com os delegados e com a consultoria jurídica da SSP foram discutidos os trâmites sobre a regulamentação do Ligue 180 nos espaços públicos do Estado, incluindo a obrigatoriedade da divulgação do serviço Disque-Denúncia nacional de violência contra a mulher em Santa Catarina. A ligação pode ser feita por qualquer telefone, fixo, móvel ou público e o anonimato é garantido.

Segundo a coordenadora, apesar dos anos de luta contra o preconceito e pela busca de direitos iguais, as mulheres ainda estão entre as maiores vítimas de violência. “O nosso grande propósito é a erradicação desse mal que é a violência contra a mulher em nossa sociedade, ressalta Jane.

Viver sem Violência

Assim como o programa Ligue 180, a Coordenadoria Estadual da Mulher, em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, também trabalha no combate à violência com duas unidades móveis do “Programa Mulher: Viver sem Violência”. Os ônibus são equipados com salas de atendimento, serviços de internet e com acessibilidade para deficientes. Profissionais das áreas de assistência social, saúde e segurança ficam à disposição para oferecer todas as informações necessárias ao público feminino.

O “Programa Mulher: Viver sem Violência” propõe estratégias para melhoria e rapidez no atendimento às vítimas de violência de gênero, que consiste no trabalho em rede na execução de ações estratégicas para a integração dos serviços públicos no atendimento das mulheres vítimas de violência. Prevê a ampliação, adequação e articulação dos atendimentos especializados nos órgãos do sistema de justiça com as áreas de segurança pública, assistência social, saúde, educação, trabalho e habitação. Esse trabalho em rede pautado na transversalidade é fundamental para o enfrentamento e combate à violência, inclusive para o resgate dos direitos das mulheres vítimas de violência.

 

* Colaboração José Meurer Filho - Ascom/SCC

Informações adicionais:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Casa Civil de Santa Catarina

(48) 3665-2005 / 8843-3497


Mulher Viver sem Violência
convite_ituporanga
flayer_verso__-_ituporanga





<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Resultados 1 - 4 de 51
 
 
Desenvolvi
mento-CIASC | Gestão do Conteúdo-Coordenadoria Estadual da Mulher | Tecnologia-Open Source